Storyboard: o que é e como usar na sua estratégia de marketing

Saber o que é storyboard e aplicar essa técnica é importante por uma série de fatores. O primeiro deles é a importância dos vídeos para a divulgação das marcas.

Storyboard: o que é e como usar na sua estratégia de marketing | E-goi

Ano após ano, o próprio Google chama a atenção dos profissionais de marketing e publicidade para o crescimento do envolvimento das pessoas com os conteúdos em vídeo.

No entanto, como tudo mais na criação de estratégias para conseguir novos clientes para o seu e-commerce, é necessário que haja planejamento. Veja, a seguir, o que é storyboard e como lançar mão desse recurso na sua estratégia de marketing.

O que é storyboard

Criar um vídeo é um processo que fica muito mais barato e gasta muito menos tempo se você fizer uma pré-produção. Assim, quanto mais organizado o seu roteiro, mais simples serão as etapas de filmagem e edição.

O storyboard faz parte dessa etapa de preparação dos vídeos, e consiste de uma quadrinização da sequência que você pretende filmar.

Em outras palavras, são feitos desenhos sequenciais que têm como função dar aos criadores uma ideia visual daquilo que vai ser o resultado final do vídeo. A linguagem utilizada nessas ilustrações é bem próxima daquela das histórias em quadrinhos.

E o storyboard ajuda bastante a transmitir sentimentos nos vídeos, assim como também ajuda a organizar visualmente a explicação de conceitos complexos, principalmente se eles envolvem números e outros dados.

A importância do storyboard na estratégia marketing

Uma vez que os vídeos já são uma tendência em estratégias de marketing digital, é natural que eles comecem a ser utilizados em todos os canais de comunicação da sua empresa, com clientes atuais e potenciais consumidores.

Sabemos que bons e-mails são segmentados, de modo a atender interesses específicos de uma audiência também específica. Assim, cada vídeo tem um objetivo, e utilizar o storyboard para atingir esse objetivo é fundamental.

Vídeos curtos precisam de um storyboard para dividir o conteúdo e transmitir de maneira clara os conceitos. Afinal, muitas vezes trata-se de muita informação que precisa ser assimilada em poucos minutos.

Por outro lado, essa técnica ajudar a quebrar a monotonia dos vídeos longos, fazendo-os sempre atraentes e aumentando a taxa de retenção do público em todo tipo de conteúdo.

Seja qual for o tamanho e a natureza dos vídeos que o seu e-commerce produz, é essencial que você assimile o que é storyboard e comece a utilizar essa técnica agora mesmo. O resultado é ter vídeos melhores e que se concluem mais rapidamente.

5 ferramentas para criar storyboards

Certo, se você já se convenceu da importância de ilustrar seus vídeos quadro a quadro antes de começar a filmar, deve ter começado a se perguntar como fazer isso.

Afinal, são grandes as chances de que você não seja um desenhista profissional, tampouco um criativo acostumado à rotina de uma agência de publicidade.

Não importa. Você pode começar a fazer o storyboard dos seus vídeos agora mesmo, utilizando alguma das ferramentas que recomendamos abaixo.

1. Photoshop

O versátil software da Adobe, originalmente criado para retocar e editar fotografias, também pode dar uma forcinha nos seus storyboards.

A quantidade de recursos de edição visual que o Photoshop apresenta faz com que ele ofereça todas as ferramentas necessárias para esse tipo de criação.

Contudo, vale ressaltar que esse programa não é muito intuitivo para aqueles que não trabalham na área das artes visuais. Se você se sentir perdido com o Photoshop, siga para outros itens desta lista.

2. Toom Boom Storyboard Pro

Misturando elementos de desenho e animação, o Toom Boom Storyboard Pro, diferentemente do que acontece com o Photoshop, é uma ferramenta específica para a pré-produção de vídeos.

Na verdade, ele vai um pouco além dos tradicionais storyboards feitos com papel e caneta: mistura sons, scripts, imagens, animações e muito mais.

Não seria exagero dizer que é a opção mais completa desta lista, pelo menos entre os softwares voltados especificamente ao sequenciamento visual de roteiros de vídeo.

3. Plot

Plot é mais simples que o Toom Boom, mas isso não significa que seja pior. Na verdade, para as suas necessidades de criar vídeos para e-commerce, ele dá e sobra.

O que queremos dizer com “simples” é que ele é mais fácil de usar, mais intuitivo e não precisa ser operado por um especialista. Em alguns casos, bastam uns poucos cliques para finalizar um storyboard.

A versão grátis do Plot, no entanto, só suporta um único projeto, com até 8 cenas. A partir disso, ele cobra uma taxa relativamente barata, que fica em torno de 25 reais por mês, dependendo do valor do dólar.

4. Boords

A grande vantagem do Boords sobre seus concorrentes é que ele funciona em nuvem. Lá, é possível criar storyboards muito mais facilmente, inclusive de forma colaborativa.

Se você pretende envolver outras pessoas nesse tipo de criação, essa é a ferramenta ideal. O Boords é pago, mas pode ser testado gratuitamente por 30 dias. Recomendamos que você use esse tempo para conhecer suas funcionalidades.

5. Papel e caneta

Porque usar papel e caneta com tanta tecnologia à disposição? Por vários motivos: pela simplicidade na execução do trabalho, por serem ferramentas gratuitas, porque quase todas as opções que indicamos aqui estão em inglês ou porque nem todo mundo tem tempo para aprender a usar um software.

Se você não é desenhista profissional, não tem problema. Ao criar um storyboard com caneta e papel, tenha em mente que a narrativa é que deve estar boa, e não os seus desenhos.

Com certeza, o mundo dos vídeos guarda ótimas surpresas para você. E não há melhor momento para incorporá-los à sua estratégia de marketing, com o enorme crescimento do público engajado em torno desse tipo de conteúdo.

Agora que você sabe o que é storyboard e está aderindo aos vídeos, lembre-se de apresentá-los de forma organizada à sua audiência. Pode ter certeza de que isso aumentará em muito o engajamento com seus conteúdos e outras métricas importantes do seu e-commerce!

Por falar em métricas, que tal conferir o nosso artigo sobre os KPIs de vendas e sua importância? Afinal, seus vídeos só vão ser considerados um sucesso se o ajudarem a vender mais, concorda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.