Email Marketing

Conheça 6 dicas para criação de assuntos de e-mail marketing

9 Setembro, 2019 |
Search

Sabemos que ficou com curiosidade para saber quais são! Então leia o artigo para descobrir!

A sua empresa quer ser notada e ouvida, certo? Para que isso aconteça, pode usar diversas ferramentas online. Conseguir fazer com que o seu cliente clique no e-mail enviado por si corresponde a uma porta que se abre — ambos sabemos isso. A questão aqui é como ser irresistível na caixa de e-mails do seu cliente, começando, claro está, pelo assunto de e-mail marketing.

Toda a gente quer de cliques e consequentemente mais vendas. Ainda para mais se souber a fórmula de como chamar à atenção do seu destinatário, conquistar o clique inicial e, assim, destacar-se entre tantas outras mensagens. Ficou com curiosidade para saber qual é essa fórmula, acertei?

Então continue connosco para saber!

Qual é a importância do assunto de e-mail marketing? 

Consegue responder qual é a finalidade de um e-mail que não foi aberto? Pois é: nenhuma. De nada adianta criar uma belíssima campanha, cheia de conteúdos interessantes se o seu cliente não clicar e abrir a mensagem.

Considerando este pequeno grande detalhe, o próximo passo é conhecer o responsável por “incitar o clique da abertura do e-mail”, que é — rufar de tambores — a estrela do nosso post: o assunto de e-mail marketing.

E-book Como Divulgar o Meu Negocio PT | E-goi

Pois bem, chega de conversa! Preparámos 6 dicas incríveis para saber, de uma vez por todas, como criar o assunto perfeito para os seus e-mails e, assim, garantir cliques. Preparado? Vamos a isso!

1. Seja específico

Ok, já sabe que deve chamar à atenção do leitor através do assunto, mas o que, talvez não saiba é que essa mensagem pode ser cortada quando for visualizada no telemóvel. Pois é! Apenas os primeiros 47 caracteres do assunto e o texto de apoio é que aparecem.

Mas não pense que apenas quem abrir a caixa de e-mails através do computador é quem verá a sua mensagem tão especial! É comum que as pessoas usem o texto de apoio (preheader) com a mensagem padrão “Visualizar como página web” (o que, vamos ser francos, não é nada instigante, concorda?).

Uma forma de resolver o problema e também utilizar todos os espaços para seduzir o cliente é esquecer-se da conversa fiada e ir direto ao ponto: em vez de usar como assunto “Prepare-se para o verão com a nossa promoção de óculos de sol — Visualizar como página web”, use algo como “O Verão está a chegar!” (assunto) e “Óculos de sol com 50% de desconto” (preheader).

2. Tente usar perguntas

Considere estas três perguntas: 

  • Os seus e-mails são abertos com entusiasmo?
  • A sua marca está a perder oportunidades de ser ouvida?
  • Quais são os assuntos de e-mail marketing mais chamativos?

Agora mais uma: ganhámos a sua atenção? Utilizar perguntas é uma estratégia super eficiente para captar a atenção do leitor. No entanto, ao utilizar essa estratégia, tenha muito cuidado para não “dar de mão beijada” a resposta logo no início do e-mail (isso pode causar antipatia no leitor).

A melhor forma de aplicar a dica é questionar algo no assunto e cavar a resposta ao longo da mensagem. Assim, a curiosidade da descoberta fica maior, e a possibilidade do seu e-mail ser lido com entusiasmo torna-se mais alta.  

3. Personalize o assunto

O seu cliente está à espera de um conteúdo feito para ele. Convenhamos que as caixas de e-mails estão cheias de assuntos genéricos que poderiam ser recebidos por qualquer um. Personalizar a sua mensagem é uma ótima forma de sobressair nesse mar de mensagens.

Vamos imaginar que o seu negócio é uma pet shop e que nela há duas personas trabalhadas: os tutores de cães e os tutores de gatos. No mundo dos “e-mails sempre enviados e quase nunca lidos” está o assunto “CONFIRA PRODUTOS PARA O SEU PET”, concorda? Aplicando esta dica de personalização, há formas muito mais assertivas de escrever o assunto de e-mail:

  • para os donos de gatos: “o seu gatinho merece o melhor!”;
  • para os donos de cachorros: “o seu cão vai adorar estes mimos!”.

Chamar o seu leitor pelo nome também é uma ótima ideia! Use a sua base de dados para conhecer melhor os seus clientes e os seus interesses e ofereça mais do que os seus concorrentes oferecem. Seja mais criativo!

4. Cuidado com as palavras que vai usar

As famosas palavras spam devem ficar bem longe dos seus assuntos de e-mail marketing! Nunca se esqueça que a sua mensagem não será a única na caixa de entrada do seu cliente, e, por isso, deve destacar-se (neste caso, não escrevendo as palavras que já são “batidas”).

Pensando nisso, esqueça-se das palavras que geralmente são utilizadas pela grande maioria das empresas. Elas podem ser consideradas como spam facilmente. Alguns exemplos são as expressões: só hoje, oferta, de borla, etc.

5. Use emojis

Não ache que a parte visual pode ser usada apenas no corpo do e-mail. Os emojis são uma forma de usar as reações óticas (e emocionais, já que cada emoji é acompanhado de uma expressão única). Mais um ponto para o aumento da sua taxa de abertura!

Pode ter a ideia que a idade do seu público-alvo é um fator que deve ser considerado no momento em que pensa usar emojis, mas está enganado. A sua utilização tornou-se uma realidade, muito por culpa das redes sociais, do WhatsApp, etc.

Lembre-se de ter cuidado para não manter um padrão de utilização dos emojis, já que, assim, acabam por perder o fator diferenciador e entram para o grupo de “elementos sem relevância”. Assim como todas as dicas citadas neste post, para que funcionem, é preciso ter cautela, atenção e muito contexto.

6. Gere curiosidade

São apenas 47 caracteres visualizados, e precisa chamar à atenção do seu leitor. Conte com o fator “curiosidade a ser despertada” para arrasar na sua mensagem. Veja alguns bons exemplos a serem seguidos (e enviados):

  • o segredo que sempre quis descobrir! — para falar sobre conteúdos relevantes para a persona;
  • a maior oportunidade de todos os tempos! — para introduzir uma promoção;
  • pare de abrir e não comprar! — para retornar a visualização de um produto já visitado e não adquirido.

Depois de ler este post cheio de dicas relevantes para criar um bom (e eficaz) assunto de e-mail marketing, vai tornar-se ainda mais fácil chamar à atenção dos seus clientes, concorda? É importante perceber a reação do público, afinal de contas: não há fórmula mágica para conquistar clientes. A dica principal é testar até ter sucesso.

Por falar em sucesso, quem são os destinatários dos seus e-mails? Vale a pena ler o próximo texto sobre mailing de clientes para continuar a aprender!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.