Veja 7 práticas infalíveis para melhorar a experiência do utilizador

Está a fazer tudo o que está ao seu alcance para manter os seus clientes? Temos algumas dicas infalíveis para ajudar a criar e manter relações duradouras e rentáveis com os seus clientes! Descubra!

Muitos negócios se esquecem-se do quão importante é a experiência do utilizador que entra em contato com eles, e acabam por deixar de lado melhorias que fariam toda a diferença no momento de o cliente avaliar a sua credibilidade.

Para ajudar com isso, veremos neste post 7 práticas que podem ser muito úteis para melhorar as suas estratégias de marketing digital. Continue a ler para descubrir quais são!

1. Escolha o design responsivo

Considerado um requisito básico e uma grande tendência atual, o design responsivo garante que o conteúdo do seu site sempre será visualizado, seja qual for o tipo de ecrã e dispositivo usado pelo utilizador. Isso melhora o acesso deles ao seu site e ajuda o seu monitoramento do Google Analytics.

Atualmente, os smartphones já são o meio mais usado pelas pessoas para realizar qualquer tarefa online — seja ela pessoal, seja algo ligado ao seu local de trabalho. Numa dessas ocasiões, o utilizador pode pesquisar empresas como a sua e acabar por achar o seu site ou blog. É sempre bom surpreender logo no primeiro contato, por isso, não se esqueça de incluir o design responsivo na sua estratégia!

Calendario Marketing E-goi

Esta é uma estratégia de marketing digital que faz com que a experiência do utilizador esteja cada vez mais próxima da credibilidade que ter junto dele.

2. Use imagens de qualidade

Sem dúvida, surpreender visualmente é uma das premissas a serem trabalhadas para uma boa experiência do utilizador. O uso inteligente de elementos visuais é uma forma de otimizar o site e aumentar o seu tráfego. Além disso, usar imagens de qualidade, com uma boa resolução, fará com que a leitura do seu conteúdo fique muito mais agradável.

É importante analisar conteúdos antigos do seu site para ver quais as imagens que foram inseridas nos textos. Aproveite essa oportunidade para melhorar os seus artigos e a experiência do leitor.

3. Faça vídeos explicativos

Nem todos têm o mesmo nível de conhecimento no que se refere a tecnologia. A “internetização” das coisas ainda é algo muito recente, com o qual muitos ainda não estão familiarizados. Por isso, se a sua empresa oferece um serviço que requer ações do utilizador não deixe de apostar na produção de vídeos explicativos para melhorar a sua experiência.

Procure a melhor plataforma para publicar esses vídeos e investa na qualidade. Tenha atenção à resolução da imagem, veja se o microfone está a fazer uma boa captação do som e da imagem e defina sempre um limite de tempo, para que o vídeo não fique longo demais ou até confuso.

4. Elabore um bom CTA

O CTA (Call to Action) é um elemento importantíssimo da experiência do utilizador. Normalmente é apresentado no final de cada conteúdo, e tem como objetivo conduzir o leitor a realizar uma ação determinada.

Os CTA podem ser usados de várias formas: como um pedido para o utilizador comentar num post do blog, para seguir o Instagram da sua empresa ou até mesmo para o utilizador entrar em contacto com um dos seus fornecedores. Para isso, é preciso que o CTA tenha a ver com o conteúdo, e que esteja ao nível do entendimento dele.

5. Construa conteúdos relevantes

É difícil melhorar a experiência do utilizador e ter engagement se produzimos conteúdos que não lhe interessam ou não lhe despertam à atenção. Algumas empresas costumam publicar coisas irrelevantes — às vezes, até ofensivas — nas redes sociais para ter mais visualizações, mas esquecem-se de que essa não é a melhor forma de conquistar pessoas.

A chave aqui é oferecer conteúdos que sejam relevantes aos seus utilizadores. Faça com que eles encontrem dentro do seu site ou blogue um motivo para adquirir conhecimento. Com isso, vai aumentar o engagement da sua marca e aumenta as hipóteses de o seu leitor se tornar uma lead.

6. Repense a sua construção de formulários

Ao longo da sua experiência dentro das estratégias de marketing digital da empresa, se tudo correr bem, em determinado momento o utilizador alcançará um estágio do funil em que é necessário fornecer alguns dados para ter acesso a um conteúdo mais completo, a que costumamos chamar material rico (case studys, e-books, etc).

Muitas empresas, no entanto, acabam por exagerar na quantidade de dados exigidos nessa etapa, fazendo com que o utilizador desista e procure outra empresa que lhe ofereça o que ele procura. Não caia nesse erro! Peça apenas as informações que são realmente importantes para a sua estratégia.

7. Leve em consideração o utilizador

Quando o cliente demontra mostra gratidão pelo conteúdo que lhe está entregar é porque está num bom caminho. No entanto, nunca deixe de estar atento às emoções e desejos do seu cliente, para conseguir detectar de forma eficaz as suas frustações para manter um relacionamento saudável.

E-book Grátis: Como se Tornar um Blogger de Sucesso | E-goi

Deixe sempre disponíveis campos para comentários, informe as suas redes sociais e aposte em mensagens personalizadas, que também ajudam a criar o engagement da empresa com o utilizador. O ideal aqui é manter-se presente na vida de cada um deles, para que vejam sempre na sua empresa um lugar de confiança!

Pôde perceber ao longo deste artigo, que quando se tem um negócio seja online ou não o seu maior ativo são os clientes. Assim, quanto melhor for a experiência do utilizador, maior o engagement e a fidelização da sua marca! Assim, considere todas as dicas listadas aqui e invista sempre na qualidade dos seus serviços.

E agora, se gostou deste artigo e familiarizou-se com os tópicos, que tal aproveitar para conhecer uma aplicação que lhe pode ajudar a fidelizar clientes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.