Email Marketing

Passo a passo: aprenda como construir um mailing de sucesso

28 março, 2019 |
Search

Para estabelecer uma melhor forma de relacionamento com os clientes, o mailing é considerado uma das formas da empresa obter sucesso em suas estratégias digitais.

Usando corretamente as suas informações, é possível aumentar as chances de venda, produzir um conteúdo mais elaborado e consolidar ainda mais o contato com os usuários.

Principalmente para aqueles que têm um negócio online, o mailing é uma importante ferramenta e pode ser usado para diversas finalidades: campanhas para o lançamento de novos produtos, pesquisas de satisfação, solicitação de feedback para alguns serviços, entre outras intenções.

Se você não está familiarizado com essa ferramenta, ou deseja expandir seu conhecimento sobre ela, veja algumas dicas de como construir um mailing de sucesso!

A conquista do e-mail

Conquistar o e-mail de um usuário que teve contato com o seu negócio pela primeira vez é o primeiro passo para a construção de um relacionamento e uma das primeiras informações que serão colocadas no mailing. É certo que as pessoas fazem um grande uso de redes sociais, no entanto, o e-mail tem uma importância ainda maior, sabe por que?

Com o e-mail, você pode localizar o usuário em qualquer mídia social que ele estiver presente. Sem contar que você pode realizar estratégias de e-mail marketing, que facilitam a forma de personalizar e monitorar seu conteúdo. Ou seja, é necessário levar em consideração que as redes sociais são úteis porque conseguem captar usuários mesmo que não estejam necessariamente atrás da informação, enquanto o e-mail pode ser um meio de comunicação usado para toda a vida.

Porquê não comprar listas de e-mail

Uma das formas erradas de criar um mailing é comprar uma lista de e-mail, geralmente vendido em alguns sites na internet. Isso porque, ao utilizar o e-mail como meio de comunicação, é necessário respeitar o usuário que receberá seu conteúdo. Isso pode ser decisivo, inclusive, para a imagem de sua marca: se você envia um e-mail para alguém que não te deu essa concessão, a pessoa pode passar a olhar para a marca com maus olhos.

Além disso, investir na comunicação e direcionar o marketing a pessoas que não permitiram o contato faz com que os usuários marquem seu e-mail com spam. Ou seja, por mais que sua empresa busque atingir um grande número de pessoas, essa não é forma mais adequada e segura de conquistar futuros leads, e pode acabar causando o efeito reverso.

A validação e atualização de dados

Uma das tarefas que mais precisa ser feita e conferida no mailing é a atualização de dados. Ela serve para que as informações ali presentes sejam válidas e você não cometa erros ou retrabalhos ao investir em pessoas e informações erradas. É preciso ter cuidado, pois mudanças acontecem, e alguém que antes era considerado um lead qualificado, pode não ser mais tão bom assim.

Para isso, é interessante que o profissional responsável pela administração do mailing trabalhe com métricas e defina uma frequência para checar e atualizar essas informações. Além desse caso, há também a probabilidade de um e-mail fornecido ser falso ou inválido; e a automação pode ajudar a checar esses dados.

Banner LGPD E-goi

A oferta de materiais ricos

Uma das vantagens de ter um mailing é que você pode trabalhar com as informações captadas para criar materiais mais elaborados, como e-books, infográficos e outros materiais, gerando conteúdo específico e de qualidade com base nos gostos de cada um e do perfil do lead captado. Há também possibilidade de fazer vídeos e podcasts para aqueles consomem esse tipo de mídia.

Uma coisa importante ao se trabalhar com produção de conteúdo é a qualidade. Ou seja, é importante trabalhar com elementos visuais e ferramentas atualizadas, a fim de ofertar uma melhor experiência para o usuário e fazer com que sua empresa tenha um bom engajamento com seu mailing. Afinal, o sonho de todo negócio é ter leads engajados e que interajam com o material ofertado.

A divulgação de campanhas

Você também pode usar o mailing para promover campanhas. Seja divulgando promoções e descontos em determinados produtos, ou anunciando a atualização do seu catálogo de materiais, o mailing pode te ajudar muito. Porém, é preciso ter cuidado para não direcionar um produto que não tenha a ver com a personalidade daquele usuário.

Uma boa forma de direcionar seu conteúdo e ajudar na criação das suas campanhas é trabalhar com personas. Ao fazer uma estratégia de venda mais voltada para as necessidades e características de cada um dos seus “leads ideais”, a possibilidade de venda de um serviço ou produto é ainda maior.

A frequência de envios

Lembra quando falamos que o profissional responsável pelo mailing precisa trabalhar com métricas? Isso se aplica também ao envio de e-mails. É preciso saber a hora oportuna para o envio e a quantidade de vezes que você vai distribuir algum conteúdo. Isso porque, convenhamos, se você mandar e-mails diariamente, as chances do cliente se desinteressar são muito grandes.

Para definir a frequência e horário ideal para disparar os e-mails, você pode procurar pesquisas na internet sobre qual é a data e horário com as maiores taxas de abertura. Ou então, pode fazer testes A/B, em que você testa a maior taxa de abertura mandando e-mails em datas e horários diferentes, para leads diferentes.

A presença do botão opt-out

Existem termos muito peculiares em marketing digital e esse é um dos que você vai encontrar ao estudar sobre mailing e e-mail marketing. Opt-in é quando o usuário concede a permissão da sua empresa estabelecer contato com ela por meio do e-mail; e Opt-out é quando o cliente não está mais interessado em sua empresa e quer encerrar esse contato.

É interessante que exista uma opção, em cada e-mail enviado, dessa possibilidade, para mostrar que sua empresa é madura o suficiente para respeitar o tempo de utilidade que ela exerce na vida das pessoas. Dessa forma, os clientes criam mais afinidade e passam até mesmo a valorizar mais seus conteúdos.

Como você pode ver ao longo dessas dicas, o e-mail marketing, além de ser uma boa estratégia de relacionamento, é também uma forma de nutrir os leads de maneira mais direta e efetiva, em comparação às mídias sociais. Seu bom uso pode engajar sua marca e aumentar as oportunidades de fidelização dos seus clientes.

Você gostou desse artigo? Então, siga nossas redes sociais e não perca nenhum de nossos conteúdos! Estamos presentes no Twitter, Facebook e Linkedin. Ou, se preferir, confira nossos webinars e outros vídeos no nosso canal do Youtube. Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.