Spam Traps: Era uma vez…

Uma rapariga pré-adolescente normal e saudável, constantemente a testar limites e a seguir impulsos. Lembro-me de uma lição básica no início da minha vida. Um dia fui ao quarto dos meus pais e encontrei uma nota reluzente pousada numa mesinha de cabeceira, parecia que estava a falar comigo. Comecei logo a imaginar-me a comer todos os doces que conseguia engolir comprados na loja mais próxima… E foi o que fiz sorrateiramente! Mais tarde, a minha mãe puxou-me as orelhas por ter roubado e ter ido ao quarto dela quando e onde não era suposto ir sem consentimento.

Neste momento, só conseguia ouvir a minha mente rebelde naturalmente desequilibrada cheia de hormonas a rogar pragas:

Tu és má, isto foi uma ARMADILHA, puseste lá o dinheiro para eu o encontrar e levar!!!

spam trap

A minha mãe continuou e disse-me que tinha tirado aquela nota do meu mealheiro, onde tinha todas as poupanças para comprar aquela boneca que eu tanto desejava desde o início do ano. Ela ia comprar-me a boneca juntamente com o dinheiro dela, mas esqueceu-se da nota quando a pousou para ir buscar qualquer coisa ao guarda-roupa, antes de sair com pressa para ir apanhar o comboio! Agora eu tinha de juntar o dinheiro todo sozinha, depois de gastar um terço a apodrecer os meus dentes…

O que são Spam traps?

A minha mãe não me preparou uma armadilha, mas tenha cuidado porque os ISPs e os Fornecedores de listas negras assim o fazem! As spamtraps (armadilhas de spam) são endereços de e-mail comuns criados (ou convertidos) com o único fim de esconder e detetar quem os descobre como remetentes de spam.

Tipos de spam traps

Na realidade, existem dois tipos possíveis distintos de spamtraps: novas e recicladas.

Spam Traps Novas

As novas são endereços de e-mail criados e escondidos em documentos/páginas/blogues publicamente disponíveis, mas difíceis de encontrar por interação humana direta regular.

Estes endereços que aparecem na sua BD irão identificá-lo como um remetente de spam para contactos de recolha.

Spam Traps  Recicladas

Do outro lado, as spam traps recicladas são contas de e-mail abandonadas que foram agora convertidas em armadilhas e irão identificá-lo principalmente como um gestor de BD “não fidedigno”. Já consegue imaginar o que estes rótulos podem causar à sua reputação como remetente, certo?

“De recolha” significa sem consentimento e “não fidedigno” significa sem envolvimento (o mesmo que sem interesse). O que posso fazer em relação a isto – está a pensar…

Como evitar Spam traps

As regras básicas são:

– Criar e utilizar apenas as suas BDs
– Retirar todos os contactos que são imediatamente devolvidos
– Validar todos os novos contactos e, idealmente, enviar uma confirmação de subscrição (dupla confirmação de interesse) antes de mais comunicações
– Parar os envios agora ou, pelo menos, atrasar gradualmente os envios para contactos sem interação (sem envolvimento – aberturas e/ou cliques) até, eventualmente, cessar qualquer comunicação com os mesmos.

Já temos um plano…Agora ponha mãos à obra e faça uma limpeza!

Um pensamento em “Spam Traps: Era uma vez…

  1. O egoi nao faz isto automaticamente? ou temos que ser nós a faze-lo manualmente?
    “– Retirar todos os contactos que são imediatamente devolvidos”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *