E-goi

Carrinho Abandonado: Como Criar no E-goi se usa Woocommerce

30 Setembro, 2020 |
Search
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Recuperar Carrinhos Abandonados pode ser uma grande dor de cabeça para o seu e-commerce. Veja como a E-goi pode ajudar.

Quem trabalha com e-commerce e acompanha atentamente o tráfego do site já deve ter percebido uma triste realidade: muitas pessoas acabam por abandonar o carrinho antes de comprar.

O carrinho abandonado é muito prejudicial para o e-commerce e afeta diretamente as taxas de conversão, além de reduzir a rentabilidade e a lucratividade do seu negócio. E, quando o carrinho abandonado se torna um problema recorrente, é importante adotar medidas para reduzir esse hábito.

A E-Goi conta com um plugin no WooCommerce que, além de recuperar um carrinho abandonado, tem muitas outras funcionalidades para ajudar a persuadir os clientes a finalizar uma compra.

É muito útil para criar sequências de e-mails personalizados, segmentar e diferenciar consumidores comuns de clientes VIPs e criar mensagens personalizadas, usando informações específicas do perfil de cada cliente para uma comunicação cada vez mais assertiva.

Mas já existem diversas ferramentas no mercado para fazer isso, então…

Porquê Usar a E-goi para Recuperar Carrinhos Abandonados?

Damos-lhe 6 ótimas razões:

1. Configuração Simples e Rápida

É um recurso simples que consegue integrar facilmente com o seu software de e-commerce. Recorrendo ao criador de email da E-goi (email builder) basta arrastar e soltar o elemento “Carrinho Abandonado” e configurar as suas mensagens de recuperação de carrinho abandonado.

2. Compatível com Todos

Usa um software para gerir o seu e-commerce? Além do Woocommerce o carrinho abandonado da E-goi é totalmente compatível com os softwares de e-commerce mais usados.

3. Multicanal All-in-One

Com o E-goi, garante o acesso a várias ferramentas (email, sms, etc) para comunicar em tempo real e garantir interação com as suas mensagens.

4. 100% Personalizável

Pode definir quantos produtos quer incluir no seu email de carrinho abandonado e quais as informações que quer apresentar (imagem, preço, preço promocional).

5. Automações Prontas

Com o E-goi tem acesso a modelos com o fluxo de comunicação automático já pronto. Basta adicionar as suas mensagens e decidir em que momento quer enviá-las para recuperar vendas de carrinhos abandonados.

6. Toda a Informação que precisa

Saiba quantos e quais os produtos que cada potencial comprador tem no carrinho, e qual a data de atualização do carrinho e use essas informações para comunicar em tempo real e converter visitantes em compradores.

Fixe! Podem mostrar-me como funciona com o Woocommerce?

Claro! Veja o vídeo:

Quero Criar Conta para Experimentar »


E agora, 5 dicas rápidas para parar de perder dinheiro:

1. Reduza a burocracia

Antes de pensar em estratégia de preço, entrega, entre outras, observe se o seu e-commerce tem muita burocracia. Imagine-se, enquanto consumidor, tendo de fazer um registo de duas páginas, outra janela que redirecione para o cálculo dos portes, mais uma para um checkout externo, e por aí vai… É muito esforço para chegar ao produto, e isso influencia diretamente na decisão de seguir ou não com a compra.

Pode transformar a experiência de um registo num fator positivo. Ofereça um registo simplificado e rápido para atender os que estão com pressa, mas também inove e diferencie-se. Se, com um clique, a sua página oferecer um desconto na compra atual ou na próxima, o utilizador possivelmente terá disposição para preencher e fornecer os seus dados completos, sem reclamar ou desistir, pois verá vantagem nisso.

Em relação ao checkout, uma boa prática é o checkout express. Imaginemos que a parte mais chata para o consumidor ao comprar no comércio eletrónico seja o ato de pagar. Então, por que alongá-lo tanto? Dê aos seus clientes a oportunidade de finalizar a compra sem criar uma conta. Nesse modelo, peça apenas os dados para realizar a transação e alguma informação para entrar em contato novamente.

Tenha sempre em mente que muitas pessoas compram por impulso! É fundamental compreendermos que o consumidor preza pela navegabilidade nos sites de compra. Faça um review e avalie frequentemente no seu atual ecommerce o que é necessário de fato.

2. Demonstre que o ambiente é seguro

Quando o cliente realiza uma compra numa loja física precisa ter a certeza de estar inserido em um ambiente com segurança. Numa loja online é a mesma coisa. Se ele não sentir a confiança necessária de que todos os seus dados serão preservados, as hipóteses de deixar o carrinho abandonado aumentarão bastante. Essa preocupação existe porque as pessoas sabem dos casos de operações fraudulentas executadas por quadrilhas especializadas.

Para obter credibilidade junto aos potenciais clientes, coloque em evidência todos os selos de segurança possíveis para a sua loja online. Uma prática eficiente é deixar os selos bem perto do botão de compra. Se há alguma hesitação por parte do comprador, essa ação contribuirá para resolvê-la.

3. Disponibilize a política de envio e devolução

Em caso de problema no comércio físico, o cliente sabe que poderá ir à loja novamente e tentar resolver. E no comércio eletrónico, qual seria o procedimento? Essa é uma dúvida que toma conta de muitas pessoas.

Terá que indicar claramente as suas condições de envio e devolução, ou então corre o risco de ver o carrinho abandonado. Defina as condições e prazos de forma objetiva e deixe tudo isso disponível e claro para o comprador. Quanto à comunicação, estabeleça os diversos canais e as regras para a utilização deles. Um exemplo de boa prática é: trataremos e responderemos a sua mensagem em até 48 horas!

4. Melhore o serviço e o valor dos portes

Este tema é muito sensível e mostra-se como fator decisivo na sequência da transação. É comum o cliente cumprir as etapas anteriores e, no momento de fechar o negócio, desistir pelo valor dos portes. Ainda a considerar, os prazos muito longos também não são bem vistos. Numa compra por impulso, a pessoa não se sentirá atraída por um prazo de 40 dias, por exemplo.

Se a sua empresa trabalhar com uma tabela padrão, o ideal é torná-la acessível ao comprador. Quando isso não acontece, disponibilize uma ferramenta que calcule automaticamente, mediante input do código postal. É possível e praticável associar o valor de compra e os descontos na tabela dos portes.

Invista e negocie com o seu parceiro de logística. A diferença no custo do seu produto e o do concorrente não vai ser grande. Atualmente, o consumidor já sabe que deve comparar o valor total da operação entre as empresas, a fim de concluir a sua aquisição. Agregue valor ao seu negócio e à sua marca, através de uma logística rápida, eficiente e com um custo considerado justo por quem está na outra ponta.

5. Atualize o site e ofereça vantagens

Gostei do produto! Agora quero conhecer os dados técnicos e descrição. Ops… Não tem?! É absurdo, mas habitual em muitas plataformas. Reveja periodicamente as informações dos produtos na sua loja, pois alguns utilizadores compram pela imagem e outros pelas informações. Não permita que o seu site exclua qualquer tipo de perfil de comprador.

Pela perspectiva do consumidor, a tomada de decisão acontece mediante o custo total da transação. Logo, avalie os impostos, preço do produto, portes, custo de garantia, entre outros. Descontos associados ao volume de compra são muito bem avaliados. Conduza o seu cliente a reduzir o valor dos portes comprando mais produtos!

Conclusão

Como pôde ver é preciso trabalhar constantemente para oferecer a melhor experiência de compra aos utilizadores.

Caso contrário, o abandono de carrinho será uma verdadeira pedra no seu sapato, comprometendo o desempenho do seu negócio. Mas, como vimos aqui, esse problema pode ser resolvido se tomar as medidas certas.

Já teve dificuldades em implementar um sistema de recuperação de carrinho abandonado? Conte-nos tudo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.