Como Fidelizar Pacientes usando Automação de Marketing: 7 Dicas Poderosas

Em determinado tipo de clínica é normal que alguns pacientes retornem mensalmente. Em casos de clínicas odontológicas, por exemplo isso acontece muito. Já em clínicas oftalmológicas acontece ao contrário, todos os dias são novos pacientes, pois, a recorrência é menor, por isso, você precisar descobrir como fidelizar pacientes para garantir que eles retornem.

No entanto, em todos os casos existem formas de fidelizar os pacientes para que em caso de recorrência ele sempre esteja satisfeito, e em consultas únicas o paciente possa sair dali também contente e consiga retornar quando precisar.

O marketing automation tem como conceito, softwares de gestão de marketing que podem te auxiliar nessa etapa, pois, facilitam a vida do gestor que é corrida e, proporcionando desta forma, ao gestor, alcançar melhores resultados.

Para isso preparamos algumas dicas de como fidelizar pacientes usando automação de marketing para ganhar a lealdade de seus pacientes e garantir que eles tenham uma experiência positiva e um atendimento humanizado.

Como fidelizar pacientes: Preparando o terreno

Resolvi separar essa parte, apenas para fazer uma observação antes das 7 dicas. Quando for trabalhar com marketing automation é preciso ter um planejamento e estratégia bem clara em mente.

Saber onde ir é fundamental para o sucesso. Comece definindo os objetivos que deseja alcançar e, depois quebre elas em pequenas partes para que ao decorrer do tempo você possa executar essas “pequenas metas” para chegar no objetivo maior.

Dito isso, não vamos perder tempo! Segue aí as 7 dicas para fidelizar seu paciente.

1. Tenha uma boa base de e-mails

Para iniciar uma boa estratégia é bom ter uma lista de e-mails para que possa trabalhar. Então, o primeiro passo é obter o e-mail dos pacientes que frequentam sua clínica.

Uma das formas de fazer isso é recolhendo os e-mails na ficha de cadastro. Quando for preencher os dados do paciente peça para colocar o e-mail também.

Assim você terá uma boa base dos e-mails de pessoas que frequentam a instituição e elas estarão mais receptivas para receber seus e-mails.

2. Segmente seus e-mails

Ainda sobre e-mails. É necessário segmentar sua lista de e-mails para poder trabalhar campanhas diferentes.

Exemplo: Em clínicas de oftalmologia, você pode segmentar os pacientes pelo mês que foram atendidos.

Sendo assim, depois de um ano, você pode programar um e-mail marketing para se lembrar de que já passou mais de um ano desde que ele fez a última consulta e que seria bom fazer um retorno apenas de rotina para saber se está tudo Ok.

3. NPS (Net Promoter Score)

Sabe aquela famosa pergunta “De 0 a 10, o quanto você indicaria nossa empresa para um amigo?” Isso é o NPS.

Net Promoter Score é uma métrica usada para medir a satisfação e fidelização do cliente. Ela serve também para ver a lealdade. Portanto, use-o para mensurar a reputação da sua clínica.

Dispare e-mails com formulários de perguntas, mas não muitas, tente manter apenas 3 perguntas e sempre use a métrica “De 0 a 10”.

Para saber mais e entender como ler os resultados, recomendo a leitura deste artigo, (clicando aqui). Ele vai explicar cada passo e o que cada resultado significa.

4. Redes sociais

É quase impossível que seus pacientes não tenham redes sociais, pelo menos a maioria estará presente no Facebook. Então aproveite essa oportunidade para criar um relacionamento.

Uma das etapas da descoberta de como fidelizar pacientes é entender que é essencial criar uma relação próxima. Com as redes sociais isso será possível.

Crie sua conta e use o marketing automation para gerenciá-las de uma única plataforma. Não sendo necessário entrar em conta por conta para postar.

Caso você não tenha tempo, separe um dia para criar todos os posts do mês e agende, assim não vai precisar se preocupar, pois, todos os posts estarão no ar na data correta.

5. Monitoramento das redes sociais

Como dito acima. Uma boa forma de criar um relacionamento com o paciente é estar presente nas redes sociais. Sendo assim, é bom monitorar o que está acontecendo.

No facebook você tem acesso aos comentários que as pessoas fazem sobre o serviço. É muito comum logo depois de um atendimento as pessoas procurarem as páginas para avaliarem.

Existem alguns softwares de automação que permitem monitorar as redes sociais, sendo assim, você sabe quando alguém marcou sua página ou mencionou sua clínica. Isso permite que você interaja com o paciente mesmo fora da clínica.

6. Landing page

Outra dica importante é você não só fidelizar os atuais, mas garimpar novos leads. Com uma landing page você tem essa possibilidade.

Caso não tenha conhecimento, Landing page são formulários de recompensa. Onde o visitante deixa dados como nome, e-mail e telefone em troca de algum material de seu interesse.

Um exemplo são clínicas pediátricas, geralmente todos os pais têm interesse pela saúde dos seus filhos. Eles podem criar um e-book com o título: “Dicas de como prevenir doenças comuns em crianças” esse seria um modelo de como atrair novos pacientes.

Pois, eles só terão acesso a esse conteúdo caso preencham um simples formulário.

Com essas informações, você pode começar a nutri-los com campanhas de e-mail de qualidade.

Quando surgir o dia em que precisarem levar seu filho em uma clínica, eles vão pensar primeiro na sua clínica, que compartilhou com eles todas essas dicas.

Lembrando que isso não serve apenas para atrair novos clientes, ao contrário, também é uma ótima forma de manter os pacientes que já foram na sua clínica e que já estão engajados com sua marca.

7. Campanhas de qualidade de e-mail marketing

Um dos motivos para nós estarmos abordando novamente questões sobre e-mail marketing é, porque ela exerce uma função muito importante em toda estratégia de marketing. Ela é a principal forma de relacionar e saber como fidelizar pacientes.

Com uma base rica de leads bem segmentada você pode elaborar campanhas de qualidade de formas diferentes.

Com e-mails para os aniversariantes do dia, descontos em uma próxima consulta, newsletters mensais com dicas de saúde e novidades do setor e como novos remédios para determinado tratamento, por exemplo.

Dessa forma, você consegue saber quem abriu o e-mail, quem clicou no link e avaliar quem mais interage, e, desta forma, melhorar sua estratégia.

CONCLUSÃO

Como fidelizar pacientes? Espero que tenha encontrado respostas neste artigo. Lembre que para fidelizar seu paciente é necessário acompanhar ele em toda a jornada (clique aqui para entender mais). Pois, o paciente precisa ver valor no serviço já que ele está em busca de um atendimento humanizado.

Vale lembrar que a situação já é estressante, ninguém procura uma clínica porque a saúde está ótima. Na maioria dos casos essas pessoas estão enfrentando uma situação desconfortável que provavelmente está gerando dor.

Então, seja por redes sociais, e-mail, telefone ou presencial, deixe o paciente confortável e mostre que você está do lado dele e não apenas interessado em dinheiro. Um dos principais motivos de reclamação é o atendimento de baixa qualidade.

Sempre esteja disponível para ouvir o que eles têm a dizer e sugerir. Use as 7 dicas apresentadas acima e em caso de dúvidas não hesite em nos procurar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *