Enviou um Email Marketing com Erro? Saiba como Agir para Evitar Prejuízos Maiores

Na correria do dia a dia muitas vezes acabamos por colocar algumas tarefas em piloto automático e a não dar a devida atenção a elas. E isso pode acontecer na entrega de um relatório, na resposta a algum cliente ou até mesmo nas campanhas de e-mail marketing. E aquela campanha planeada e pensada ao mínimo detalhe pode ficar comprometida.

Errar é humano, e todos nós sabemos disso e a quantidade de afazeres, responsabilidades e informações têm tornado os erros cada vez mais frequentes. Quem nunca enviou um e-mail com erros ou mesmo para as pessoas erradas?

Apesar de fazer parte da “check list” de qualquer campanha, às vezes enviamos um e-mail marketing sem fazer o teste de envio e confirmar se está tudo correto. Sim, testar é fundamental! Existem boas maneiras de contornar os erros e fazer um “mea-culpa” de forma original. Vamos a elas!

Avalie a situação

A primeira coisa a ser feita é avaliar a situação. Se errou, interrompa o envio da sua campanha imediatamente. Verifique quantas pessoas já receberam o e-mail, e ainda quantas pessoas já abriram o e-mail. Pode ser que tenha detectado o erro atempadamente e assim, possa minimizar o impacto negativo.

Existem erros que atingem apenas uma parte da lista de contatos. Nesse caso um novo e-mail como pedido de desculpas ou ainda reenviar o material apenas para a parte afetada, com uma mensagem, na parte superior do texto, explicando o ocorrido, é a melhor solução. Mas antes de fazer isso observe suas métricas e verifique se o desempenho realmente foi impactado. Às vezes achamos que a situação é pior do que realmente é.

Avalie a gravidade do erro

ERROS SIMPLES

Se for um erro de digitação, ortografia ou mesmo de algum caractere especial que entrou indevidamente, provavelmente o impacto negativo será pequeno. Neste caso, principalmente se for um texto secundário, é melhor deixar fluir naturalmente e não chamar à atenção do seu cliente para o erro. Faça uma avaliação se o erro no texto prejudicará a imagem do seu negócio ou não.

Também é bastante comum encontrar e-mail marketing com links incorretos direcionando ao lugar errado e até mesmo aqueles que não funcionam. É um problema relativamente leve, mas que precisa ser resolvido o mais rápido possível para não atrapalhar o desempenho da sua campanha.

Em muitos casos é possível realizar a correção da campanha apenas trocando a imagem errada pela correta no servidor onde ela está alojada, porém mantendo o mesmo nome do ficheiro. Este é um outro tipo de erro que não necessariamente exige a alteração da programação html e a interrupção do envio.

ERROS MODERADOS

Outro erro frequente é relativo a dificuldades técnicas no site, visto muitas vezes em lojas virtuais. Pode ser um imprevisto técnico, com o aumento do tráfego o site fica lento para abrir e navegar, e às vezes chega a ficar off-line, derrubando as vendas e a credibilidade da marca.

É preciso prever se o servidor do site é capaz de suportar o tráfego gerado e se a programação utilizada é a mais adequada. Para isso os departamentos de Marketing e Infraestrutura de TI devem estar sempre alinhados.

Enviar a campanha para uma lista de e-mails errada, dá margem para confundir os subscritores, podendo até mesmo ser interpretado como um spam e consequentemente ter a sua entregabilidade prejudicada.

ERROS GRAVES

Por exemplo, erros em preços ou datas de eventos são erros mais graves que podem causar um impacto incalculável. Nestes casos considere enviar um e-mail de correção e usar o próprio site para esclarecer a informação. Outra boa alternativa é usar as redes sociais para passar os dados corretos e responder a possíveis dúvidas dos clientes.

Porém em alguns países as leis são rigorosas quando o assunto é preço errado em publicidade.

É melhor não arriscar e ter o cliente sempre ao seu lado. Se for necessário, consulte um advogado para agir da melhor forma possível.

Dicas para evitar erros

  • # Crie uma checklist de todos os pontos fundamentais na criação do e-mail marketing e torne isso parte da sua rotina.
  • # Revisão é a palavra-chave. Defina quem da equipa fará a revisão textual do e-mail marketing. Quem cria o e-mail não deve ser o responsável por rever. Comece pelo assunto do e-mail, pois é um ponto fundamental para a taxa de abertura.
  • # Testar é uma regra obrigatória. Mais uma vez precisará escolher alguém que faça este trabalho. É preciso aceder à campanha, verificar se todas as imagens estão a abrir e clicar em todos os links.
  • # Liste previamente todos os possíveis erros que podemos cometer e quais serão as abordagens criativas para cada um deles. Assim todos os elementos da equipa já saberão como agir caso aconteça algo de errado.
  • # Deixe preparados alguns modelos de e-mail para serem enviados em caso de erro. Assim consegue gerir toda a crise rapidamente.

Entenda que, por maior que seja o erro, não será o fim (assim espero 😊). O melhor a fazer é reconhecer a falha e tentar corrigir o mais rápido possível, da melhor maneira. Quando um equívoco desses acontecer esteja preparado para transformar o erro em uma grande oportunidade, com muita inteligência e criatividade.

Eu já errei. E você? Conte a sua experiência nos comentário logo abaixo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *