E-commerce

Confira as melhores estratégias de Branding para e-commerce!

25 Junho, 2020 (actualizado) |
Search
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Branding: o que sabe sobre esta estratégia? Leia o nosso post e saiba como ter acesso aos melhores resultados!

Seja sincero: há algo no seu negócio que foi construído do dia para a noite e sem esforço? Sabemos que alcançar o sucesso requer tempo e estratégias com muitos passos detalhados. Ter uma empresa conceituada e respeitada, não foge a essa regra. É necessário gerir a sua marca, ou seja, fazer Branding.

Esse tipo de estratégia tem sido adotada por grandes empresas como a Coca-Cola, mas saiba que ela não é exclusiva das grandes empresas. Fazer um planeamento antecipado, gerir da forma correta as redes sociais e criar uma identidade visual incrível é Branding e pode perfeitamente aplicar-se ao seu negócio. Leia o texto para saber mais!

Porquê adotar o Branding como estratégia?

Em primeiro lugar é necessário esclarecer: Branding para e-commerce é tão possível como qualquer outro estilo de negócio. Se você, como gestor ou empresário, quer que a sua marca esteja na cabeça dos consumidores e seja a preferência entre tantas outros concorrentes, gerando ainda mais lucro, o Branding é o caminho.

Esta é a sua deixa para perguntar “como incluir a estratégia de Branding no meu negócio?”. Respondemos a essa questão nos próximos tópicos. Espreite as nossas dicas práticas!

Calendario Marketing E-goi

Entenda melhor o seu negócio

Para definir a sua marca, o primeiro passo é entendê-la. Para isso você, como responsável, deve refletir sobre algumas questões relacionadas com o propósito do seu negócio. Veja alguns exemplos de perguntas pertinentes:

  • porque é que a sua marca existe?
  • O que o seu negócio propõe ao mundo?
  • Quais são as reais vantagens e propostas de valor da sua empresa?
  • Como quer que os seus clientes a vejam?

Encontradas as respostas, consegue observar a essência do seu negócio e é inspirado nisso que o Branding deve ser construído. 

Sabemos que o seu sonho é ter um negócio incrível. Por isso deve lembrar-se sempre: o que diferencia as empresas medíocres das extraordinárias são os propósitos e as promessas oferecidas e, obviamente, cumpridas aos clientes. 

Crie uma identidade incomparável

Reserve um minuto e pense numa marca. O que vê? Pois é, são cores, formas, fontes e, como consequência de tudo isso, sensações. O objetivo dessa construção visual é exatamente esse: o seu cliente vê o seu logótipo e entende o que é a sua marca.

Certamente já ouviu falar sobre a psicologia das cores e, por isso, sabe que cada cor propõe uma sensação. Utilize esse conhecimento para provocar ainda mais o espectador e não se esqueça: a cor da sua identidade visual não deve resumir-se ao logótipo.

Mantenha uma constância no tom escolhido. Acha mesmo que o vermelho sempre foi associado à Coca-Cola? Perceba que tudo o que está relacionado com esses nomes, também está ligado aos tons das marcas.  

Segmente o seu público

Quem deseja que consuma a sua marca? É com esse grupo que o seu negócio deve dialogar. Um bom exercício para definir o seu público é criar uma brand persona, o que nada mais é que um avatar do consumidor ideal dos seus produtos.

Imagine que é um escritor de livros e que está focado numa nova história. Como construiria a personagem principal? Para segmentar o seu público, o processo é quase o mesmo. Questione os aspectos dessa persona:

Webinar Xperience Vendas PT e BR | E-goi
  • quantos anos tem?
  • qual é o seu género?
  •  é casada? Tem filhos?
  • qual a sua atividade profissional?
  • quais são os seus sonhos e motivações?

Quanto mais detalhada for essa descrição, mais segmentado estará o seu público-alvo. Quando sabemos para quem estamos a comunicar, torna-se muito mais fácil passar a mensagem, fazê-la ser compreendida e, dessa forma, atingir o real objetivo da comunicação.

Saiba como falar

Construída a identidade visual e compreendida a real persona da sua marca, o próximo passo é definir o tom e a voz das suas mensagens. Saiba que a chamada “voz da marca” deve estar constantemente ligada às características definidas anteriormente.

Pergunte-se: de que forma deve passar as mensagens para ser ouvido e compreendido? Considere a sua brand persona, que carrega todas as características, preocupações e estilo de vida e procure definir uma voz e postura através dos seus textos e manter-se constante.

Se estiver a construir uma marca para um público mais jovem, por exemplo, não faz sentido utilizar palavras rebuscadas ou muito complexas e informais. Lembre-se de que a marca é a mesma em todos os lugares, por isso, essa forma de falar deve ser constante independentemente da plataforma utilizada no momento.

Integre canais e estipule um padrão de qualidade

Fortalecer a sua marca pode até ser uma missão difícil, mas é certo que gera resultados incríveis. Pense que a sua empresa deve ser reconhecida sempre que aparecer. Para isso, deve ser consistente.

O tom de voz deve ser o mesmo, as imagens de perfil nas redes devem ser iguais e, principalmente, o padrão de qualidade (que deve ser o mais alto possível) também deve manter-se.

Sabemos que é bastante trabalhoso fazer posts relevantes com frequência, por isso, mantenha ativas apenas as redes sociais em que a sua persona está presente e, claro, atualize-se com conteúdos de qualidade.

Preocupe-se com a experiência do cliente

Construir uma boa marca é uma etapa importantíssima para o seu negócio, mas não acaba por aqui! Estar no topo também tem muito a ver com a experiência do seu cliente enquanto se relaciona (ou pensa relacionar-se) com a sua empresa.

Questões como atendimento, rapidez na entrega, packaging e, por fim, contato humanizado pós-venda por e-mail ou redes sociais também precisam receber muita atenção. Se conseguir juntar tudo isso o resultado final será a satisfação e fidelização de cada vez mais clientes.

Se chegou até aqui, entendeu que o Branding para e-commerce ou para qualquer outro tipo de negócio é possível. Gerir a marca é uma inovação necessária, tanto para manter o seu negócio atualizado — afinal, tudo se renova e a sua marca também deve passar por processos de melhoria — quanto para se tornar uma autoridade entre os seus concorrentes. 

Por falar em autoridade, quer saber como sobressair no mundo dos negócios? Então, continue a ler!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.