5 Dicas de Email Marketing Automation Simples, mas Muito Poderosas

Os nossos avós iriam gritar: “É Magia Negra!”,  “A quê?”,  A sermos capazes de agendarmos o envio de emails para daqui a 12 horas… depois, serem enviados para todos os 10.000 contactos da nossa lista… enquanto bebericamos margaritas numa praia. Isso podia parecer magia a alguns anos atrás… mas, se ainda comunicamos assim, então estamos vários anos atrasados!

É de evitar comunicar para toda a nossa lista de contactos en massa – aliás, deveria ser “proibido”! Em vez disso, devemos comunicar quando eles valorizam as nossas comunicações (data e ofertas/informações que lhes interessam). Na verdade, com as ferramentas atuais de Marketing Automation isso é canja. Qualquer um de nós consegue usar, muito facilmente, a maioria das ferramentas atuais de Marketing Automation. Ou então, por agências que oferecem serviços de Email Marketing –caso ainda estejamos na onda de beber margaritas 😉

A parte mais difícil (e também a mais importante) do Marketing Automation, é apenas escolher bem a ferramenta adequada às nossas necessidades. Depois disso, tudo é muito fácil e simples: apenas temos de comunicar para os nossos contactos quando eles anseiam receber as nossas comunicações. É por isso que estamos aqui. Para lhe oferecer 5 dicas de Marketing Automation simples, mas muito poderosas. Então vamos a isso.

1) Comunique sem Massacrar

Qualquer boa ferramenta de Marketing Automation permite a monitorização (tracking) do comportamento dos utilizadores/visitantes/contactos. Logo, é fácil descobrir as páginas que eles visitaram. Essa informação é uma oportunidade fantástica para enviar, apenas para esses contactos, ofertas que lhes interessam.

Exemplo:

Imagine que tem uma loja de animais. Através do tracking, “descobre” que os seus contactos estiveram, no mínimo, 3 horas nas suas páginas/artigos/posts sobre “treino de cães”. Então, é bem provável que estejam interessados nesse tema. O seu ESP (Email Service Provider) pode automaticamente enviar um email com mais dicas e/ou descontos, apenas para esses contactos.

Dica Extra:

Não assuste os seus contactos. Eles detestam sentir que estão a ser observados. A ideia é usar esta informação para tornar as suas comunicações mais relevantes, direcionadas e úteis. Este tipo de monitorização não é exclusivo do mundo online.

Uma vez, a Target descobriu que uma cliente estava grávida, antes de ela ter comunicado isso à família. Enviou-lhe, por correio, uma oferta destinada a grávidas. Quem abriu essa oferta, foi o pai dela! Resumindo, o conhecimento dos hábitos de compra e navegação dos seus contactos é informação poderosa – seja responsável.

2) Converta os Desertores

Quando um cliente coloca produtos/serviços no carrinho de compras online, nada está garantido! Na verdade, 75% abandonam o carrinho de compras (mesmo que esteja cheio) sem comprar nada. No entanto, nem tudo está perdido.

Com Email Marketing Automation, pode recuperar esses “desertores” e “convertê-los”. Ou seja, fazer com que finalizem a compra. Como? Enviando-lhes “um email de abandono de carrinho de compras”, logo a seguir a terem abandonado o carrinho de compras.

Como escrever um bom “email de abandono de carrinho de compras”?

Este é um “email de abandono de carrinho de compras” simples, mas eficaz, da Pascun. Inspire-se nestes exemplos. O “email de abandono de carrinho de compras” deve ser simpático e útil. Deve relembrar, sem agressividade, os benefícios dos produtos/serviços que estavam prestes a comprar.

Também pode “adoçar” o negócio com um desconto/bónus. Tenha atenção que o cliente pode ter abandonado o carrinho de compras por motivos de erro técnico – portanto garanta que os contactos de suporte estejam bem visíveis (no site).

Também é possível que tudo estava a correr bem e estava prestes a comprar… mas a sogra telefonou para reclamar sobre a banda de rock dos filhos do vizinho que estiveram a ensaiar até altas horas da noite… e com a distração acabou por não finalizar a compra. Nestes casos, um breve email é suficiente para fazê-lo voltar ao carrinho de compras e finalizar a compra.

3) Fature a dobrar!

Alguém encontrou seu site… leu seus artigos… e comprou seus produtos! Vamos ficar por aqui e celebrar? Ou vamos ser mais inteligentes? Emails de confirmação de compra são abertos e lidos o dobro do que os emails regulares.

Seria muita burrice desperdiçar esta oportunidade enviando apenas um email com os detalhes da fatura/recibo. Aliás, quando os seus clientes leem os seus emails de confirmação da compra, é bem provável que ainda tenham o cartão de crédito em suas mãos… e ainda estejam em modo de compra. Se integrar ofertas úteis e inteligentes nos seus emails de confirmação de compra de certeza que irá vender mais.

4) Opiniões? É claro!

Já recebeu algum email da AirBNB, ou da Tripadvisor, a pedir-lhe para avaliar a sua experiência? São muito mais do que simples pedidos de opinião. Na verdade, quando damos a nossa opinião, estamos a adicionar valor ao site dessas empresas… mas, talvez ainda mais importante (e com mais valor) faz-nos sentir integrado numa comunidade/tribo de viajantes que se ajudam uns aos outros.

Logo, faça os seus clientes sentirem-se importantes: peça-lhes as suas opiniões. Quando? Algum tempo depois de terem comprado os seus produtos (a duração depende do tipo de produto, no entanto, por norma quanto mais cedo melhor). Como? Apenas necessita de configurar o seu sistema de Marketing Automation para enviar um email de pedido de opinião, E, é claro, criar o email com o pedido para que eles avaliem a experiência deles com a sua empresa/site/produtos/serviços…

Dica Extra:

O email de pedido de opinião deve estar centrado no cliente. Não diga “nós precisamos da sua opinião”. Motive-os a partilharem as suas opiniões para que outros visitantes (donos de animais; amantes de comida; profissionais dedicados) se sintam ajudados.

5) Distribua dopamina

É uma prática habitual para criadores de software e apps incentivarem os utilizadores, para continuarem a usar as aplicações. Após um utilizador executar certas ações enviam um email automático de felicitação. Estas práticas também são comuns nos video games. Isto porque libertam dopamina. A dopamina faz as pessoas sentirem-se mais envolvidas e satisfeitas.

Dica Extra:

Voltemos à nosstrong história inicial: a da loja de animais. Podemos oferecer uma “Medalha para Amantes de Animais”, ou um desconto especial, quando um cliente executa uma determinada ação. As oportunidades para dar uma palmadinha nas costas dos seus clientes apenas são limitadas pela sua imaginação. O ingrediente secreto é fazer com que os clientes se sintam bem por pertencerem à “nossa” comunidade.

Em conclusão

strongsperemos que :esstrong artigo tenha feito a sua cabeça andar à roda com as possibilidades do Email Marketing Automation. Só um último alerta: estes emails são enviados por uma máquina (ESP), no entanto não devem ter uma linguagem de robô. Planeie cuidadosamente a sequência de emails e injete a sua personalidade. Esteja atento aos resultados. Controle e atualize os seus processos continuadamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *